NotasCuidados digitais para mulheres negras

Pra quem perdeu a live sobre cuidados digitais para mulheres negras, com as coordenadoras BN Larissa Santiago, Charo Nunes e Viviane Gomes, onde nós conversamos sobre violência, inclusive em candidaturas negras, segurança, privacidade, acessos, letramento digital, pretuguês tecnológico, e tantas outras coisas, tá disponível no nosso canal do Youtube

SociedadeBreve reflexão sobre identidades entrelaçadas

Esses lugares de trânsito modificam também o corpo que os atravessa e ao mesmo tempo que são atravessados. Porém, são como molduras. quero falar de algo inferior que trata do interior desses corpos, das próprias características e física que os compõe. Não é sobre estar, mas sobre o estágio anterior do ser.

NotasO registro da Frente Negra Brasileira

Há oitenta e cinco anos, em 1935, a Frente Negra Brasileira, fundada em 16 de setembro de 1931, se tornava partido político, o primeiro e, até onde se sabe, único partido negro do século XX. É interessante ver a ata da reunião do Tribunal Superior Eleitoral que concedeu o registro de partido à Frente.

NotasAgenda da Prefeita

A equipe de comunicação de Luíza Erundina construiu um blogue chamado Agenda da Prefeita, apresentando material histórico sobre sua atuação como prefeita da cidade de São Paulo. Um documento muito bacana para entendermos não só sua trajetória, mas um pouco mais sobre a nossa cidade.

NotasNarrativas Criativas com Raquel Almeida

Hoje participamos de uma conversa incrível com a escritora paulistana Raquel Almeida que você acompanha em suas redes sociais, como sua página do facebook. Mas também seu blogue pessoal. Um diálogo sobre nossos olhares para o futuro e sobretudo, o passado.

NotasAlegoria do bom e mau governo, Ambrogio Lorenzetti, 1338

Dez anos antes de a primeira praga (documentada) castigar a Europa, uma obra que mostrava as virtudes de um bom governo. E de outro não tão bom assim. E a gente se pergunta quando é que os projetos de arquitetura deixaram de ser assim, tão instigantes.
www.blackfilm.com/

CulturaEsse branco sou eu? Banzo, Esquecimento e Memória.

O meu exercício aqui é tentar caminhar por sobre as obras que revisito e sobretudo as pegadas deixadas por Beatriz Nascimento, neste texto que infelizmente não encontrei online. O que acontece quando nos deparamos com o absurdo racista que procura nos transformar em baratas, metáforas para a construção de nossa desumanidade.
Edward Watson (Gregor Samsa) in Metamorphosis by Franz Kafka @ Linbury Studio, Royal Opera House.

ArteSobre baratas, hecatombes e um chinelo de borracha.

Ninguém de fato acordou de repente e se viu dividido em nervuras arqueadas. Mas a pandemia e o derretimento das instituições políticas trouxe uma concretude a essa imagem. É aquela do absurdo. Alguns acordam baratas. Outros são considerados baratas antes de nascer e por toda a vida, mesmo sem ser.
SAN DIEGO, CA - JULY 26: Actress Danai Gurira poses for a portrait at the Getty Images Portrait Studio powered by Samsung Galaxy at Comic-Con International 2014 at Hard Rock Hotel San Diego on July 26, 2014 in San Diego, California. (Photo by MJ Kim/Getty Images for Samsung)

CulturaPara nossos aliados em Hollywood

Tenho um problema, gosto de falar daquilo que niguém fala. E essa carta é uma peça importante da tabuleiro que foi negligenciada pela imprensa. Ganhou no máximo algumas notas mas até onde estou informada, nenhuma tradução. Esse é um esforço simplório e inicial de fazer isso. Contribuições são benvindas.
ScreenRant

Arte10 referências para assistir “Nós”, de novo e de novo

Jordan Peele transforma quase qualquer coisa, qualquer coisa mesmo, em cinema da melhor qualidade. Mesmo na televisão. E antes de ver seus filmes, quis saber um pouco sobre seu trabalho ao lado de Keegan-Michael Key, que a gente já amava desde os idos tempos dos Vídeos Divertidos do Animal Planet. E fiquei extasiada com a genialidade de Flicker (Peter Atencio, 2012).
Photo by Alex Powell from Pexels

CulturaCada um com seu cada qual

"Cada um com seu cada qual", diz minha mãe. Uma máxima que a boa e velha educação afrobrasileira, aprendida em casa e nos terreiros, nos ensina a respeitar em toda sua minúcia. Tem a ver com a gente saber o que é nosso, o que é do outro, sem deixar espaço para que apareça um boi na linha ou um bode no meio da sala. E justamente por isso, começo por circunscrever sobre o que estou falando e a partir de qual experiência.
Claudette Barius/Universal

ArteJordan Peele e o terror da branquitude quando a pata do macaco escreve

Jordan Peele nunca escondeu que O iluminado (The shinning, Stanley Kubrick, 1980) é um dos seus filmes favoritos. Tanto que no lançamento de Nós (Us, 2018) o ator e cineasta se vestiu de Jack Torrance. E agora Tracee Ellis Ross, a atriz que interpretou papel de Wendy Torrance para o Super Bowl desse ano, disse que adoraria trabalhar com o diretor nesse projeto.
Imagem - Pixabay

SociedadeRacismo 5G

Quando convidada a falar sobre as Blogueiras Negras no lançamento do Relatório Direito à Comunicação 2018 do Intervozes, fui com muita generosidade e cuidado provocada pelas companheiras Larissa Santiago e Viviane Gomes sobre os desafios que a tecnologia 5G representa para corpos negros.
Imagem - Magha Artha no Pexels

CulturaA passarinha ainda canta

É muito curioso como a banda toca. Não me surpreende. Sequer tenho sido capaz de me entristecer, porque afinal não é sobre mim. Mas como intelectual, tenho me deparado com encruzilhadas que ficaram para trás e nos trouxeram até aqui com projetos de mundo completamente diferentes. O que não é algo necessariamente ruim, afinal é para isso que a gente se move. O problema é quando tordos e melros se confundem, como se houvesse uma única oportunidade, uma única narrativa, um único canto.