Cultura & Sociedade

Drops: visita super gostosa e MDNA

By September 8, 2012 One Comment

Olá pessoas,

A PRIMEIRA IMPRESSÃO

antes de qualquer coisa deixa eu explicar porque não vai rolar a série de posts sobre o Impressionismo. Eu estava bem excitada com aquela estória de ter tido a oportunidade de visitar a exposição do @ccbb_sp com um grupo vip e muito feliz com a idéia de escrever sobre. Então, entrei em contato com a Expomus e pedi a listagem das obras para que fizesse uma curadoria toda pessoal.
Eles não responderam ao meu pedido. Entendo o posicionamento da empresa mas tinha de compartilhar a estória com vocês. Porque imagina, confiar nessa blogueira que vos fala assim sem mais nem menos! Será que eu transmito a impressão de ser agente da Gestapo ou de alguma quadrilha especializada em roubo de arte? Nunca se sabe. Entonces, acabei esperando demais a resposta que não veio e perdi o tesão da idéia. Fim.

VISITINHA VIP

Ontem moi recebeu a ilustre visita de um dos meu bloggers préféré (assim com três acentos de tão amado): o Ed Cohen do v f|ng|rs, um blogue que acompanho há alguns anos e está, olha que barato, mudando um pouco ultimamente. Conversamos sobre Madonna, moda, cultura pop e pós-mudernidade. É claro que ele, como sempre, me fez um gentileza e trouxe um livrinho para eu conhecer e eu que adorei, vou recomendar. Minha descoberta favorita: o vestido surrealista que nada tem a ver com um tal de Lautrec Urianl Dress.
Linque Patrocinado

Cronologia da Moda, de Maria Antonieta a Alexander McQueen

Este livro busca apresentar um panorama da história da moda desde o final do século XVIII até o século XXI. Com mais de mil ilustrações, todo em quatro cores, o livro traz – figuras de destaque da moda, entre costureiros, designers, grifes e modelos, incluindo perfis de página dupla dos principais costureiros e designers, de Beau Brummell, Henry Creed e Charles Worth a Dior, Vivienne Westwood e Alexander McQueen; a influência mútua entre moda e as artes e esportes; uma extensa linha do tempo, ilustrada por fotos de looks, peças do vestuário e amostras de estampas e tecidos; dentre outros.

E PRA TERMINAR, MADONNA

Desde muito cedo fui fã de Madonna. Talvez por isso não escondo meu desinteresse por ela desde o Ray of Light. Porém em nome dos velhos tempos, vez ou outra fico curiosa sobre o que anda fazendo. Infelizmente as últimas notícias me desanimaram bastante: a rainha do pop começou a usar câmara de oxigênio para evitar (imagine) o envelhecimento. Ou seja, um lado mais sombrio começa finalmente a aparecer. Será? Bem, mas o assunto nem era esse. Achei um linque bem curioso e muitíssimo bem ilustrado sobre Madonna ser a rainha do… Plágio. Tudo uma vingança mansa, como diria Suassuna, em função da acusação do plágio de Express yourself (é isso produção?).
Bem, tire suas próprias conclusões por que, em se tratando de Madonna, tudo é dito e não dito. A única certeza que eu acho que tenho é: só falta se inspirar em La Page.

Charô Nunes

Esses são textos de Charô Nunes, publicados em diversos blogs desde 2008, quando se inicia sua trajetória rumo à escrita e à intelectualidade. Alguns são textos inacabados, que serão publicados sem qualquer revisão ou adição.

One Comment

  • E. Cohen says:

    Homenagens ou plágios, eu ainda admiro Madonna por sua capacidade de fazer dinheiro e se achar a melhor.
    E como conversamos, esses tempos são de plágios por causa da velocidade com que a informação viaja…
    Um beijão

Leave a Reply