Video killed the radio star

0 Shares
0
0
0

Pois é. É ruim mais eu gosto. Gosto new wave e duvidoso (retumbante redundância) não se discute. Compartilha-se como mais uma curiosidade pop nesse mundo no qual somos o que sabemos. Então, foi mais ou menos assim…

“Video Killed the radio star” (The Buggles) foi o primeiro clipe exibido na MTV em 01 agosto de 1979, com direito a comemoração em 27 de fevereiro de 2000. A musiquinha new wave chegou a ser regravada pelo Erasure (hein?) e o The Presidents of the United States of America (hã?!?).

Russell Mulcahy, diretor da “obra”, seria mais tarde responsável por vários clipes do Duran Duran (incluindo Wild boys), Bette Davis eyes (Kim Karnes), Total eclipse of the heart (Bonnie Tayler), Vienna (Ultravox). Na sua filmografia também constam Highlander (I e II) e Resident Evil (Extinction).

0 Shares
You May Also Like

Um Egito Negro incomoda muita gente

Usurpar patrimônio africano não basta, também é necessário embranquecer seus sujeitos. Tanto na série José do Egito (atualmente em reprise pela Record) quanto em Êxodo: Deuses e Reis as personagens são majoritariamente brancas. Os realizadores são incapazes de reconhecer que todo um complexo sistema de crenças, filosofia, arte, arquitetura, astronomia e medicina são coisas de preto. Qualquer movimento diferente disso, mesmo a simples hipótese de que os antigos egípcios era negros, é vandalismo demais para aguentar.

Candyman como um pesadelo urbano

O monstro mais assustador do mundo são os seres humanos e tudo o que somos capazes, especialmente quando estamos juntos. Estou trabalhando nessas premissas sobre esses diferentes demônios sociais. Esses monstros inatamente humanos que fazem parte da maneira como pensamos e interagimos. Cada um dos meus filmes será sobre um desses diferentes demônios sociais.

Era uma vez um álbum chamado Rumours

Uma das minhas paixões musicais nesse momento é coisa das antigas como sempre: Rumours (Fleetwood Mac, 1977, Grammy de melhor álbum em 1978). Só tem uma faixa que odeio, a "Songbird". Mas até essa vai acabar me pegando apesar de ser tão previsível.

Museu Nabokov acusado de estimular a pedofilia, ocharolastro comenta

Chamei meu consultor para assuntos literários, cozinheiro e garoto de programa para comentar as recentes (e requentadas) acusações ao Museu Nabokov que, segundo grupo ultraconservador russo Os cossacos de São Petesburgo, promove a pedofilia. O grupo ameaçou o museu com a ira de deus e perguntou: -- Como vocês podem continuar sem temer a ira de Deus promovendo a pedofilia de Nabokov? Ocharolastro responde.